Foto: Lucian Pichetti

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a São Paulo na manhã deste sábado (2), para participar do velório do neto, Arthur Lula da Silva, de sete anos, que morreu vítima de meningite meningocócica.

Lula deixou a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, às 7h deste sábado (2). O ex-presidente saiu da sede da PF em um helicóptero da Polícia Civil e seguiu para o Aeroporto do Bacacheri.

Imediatamente o petista embarcou em uma aeronave do governo do Paraná, que decolou do terminal às 7h19.

O avião em que Lula viajou, um Cessna Grand Caravan de prefixo PP MMS, pousou no Aeroporto de Congonhas, Zona Sul de São Paulo, às 8h31.

Por volta das 10h20, o ex-presidente pegou um helicóptero para ir a São Bernardo do Campo. De um heliponto, ele seguiu em carro escoltado até o cemitério Jardim da Colina.

O velório reúne petistas e amigos de Lula, como a ex-presidente Dilma Rousseff, Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boulos (PSOL), candidatos derrotados nas eleições presidenciais de 2018, e os ex-ministros Benedita da Silva, Aloizio Mercadante e Alexandre Padilha.

A autorização para que o ex-presidente participasse do velório do neto foi concedida pela juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba.

Na tarde de ontem, a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, visitou o ex-presidente.

Repórter Lucian Pichetti