Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil
Terrazza Panorâmico

Nesta terça-feira (17) pelo menos três conselheiros do Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), órgão vinculado ao Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, estarão em Curitiba para fazer a oitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sobre denúncias de violação de direitos humanos.

A audiência iniciará às 10h, na sede da superintendência da Polícia Federal, onde o ex-presidente está preso desde o dia 7 de abril de 2018.

A decisão para que o CNDH proceda a oitiva de Lula, foi proferida pela 12ª Vara Federal de Curitiba, durante a 48ª reunião plenária do conselho, realizada em junho.

O plenário debateu a denúncia de seletividade, discriminação e violações de direitos humanos e princípios constitucionais pela Justiça Brasileira, no processo que resultou na prisão de Lula, contidas na reportagem “As mensagens secretas da Lava Jato”, publicada em 9 de junho, pelo The Intercept Brasil.

O ex-presidente deve ser ouvido pelos conselheiros Leandro Scalabrin, Leonardo Pinho e Ismael José Cesar, que ao final da oitiva atenderão a imprensa

Repórter Vanessa Fernandes