Foto: Reprodução Facebook

Tem campanha rolando em Curitiba para ajudar um atleta da cidade a defender o atual título mundial.

Lutador profissional de Muay Thay, Emerson Olímpio, conhecido como Bruce Lee, conquistou o topo da modalidade no ano passado e agora recebeu um convite para voltar à Tailândia e defender o cinturão em 2018. A competição acontece em março, mas Bruce ainda não tem o embarque garantido.

Apesar da série de conquistas na carreira, que inclui também títulos de campeão paranaense e brasileiro, o lutador não tem patrocínio e ainda não conseguiu todo o dinheiro necessário para a viagem: R$ 8 mil no total, entre despesas com alimentação, hospedagem e passagens aéreas.

Ele tentou organizar rifas e fez reuniões com políticos e empresários, mas não conseguiu recursos.

Em vídeos que Bruce divulgou nas redes sociais, ele destaca que faltam apenas duas semanas para levantar os R$ 5 mil faltantes e pede apoio de quem acompanha o trabalho dele.

Para alavancar a arrecadação, amigos e apoiadores começaram a campanha, com a #eulutocomoBruce. Dentre os organizadores está a terapeuta ocupacional Camila Nogueira, que era aluna na academia onde Bruce trabalhava e treinava, mas o espaço fechou recentemente, o que também atrapalhou o atleta. Ela conta que ajudou também na viagem de 2017, quando ele conquistou o título de campeão mundial.

Uma das ações da campanha de arrecadação é um evento que acontece na noite desta sexta-feira, na Vila Carmela, no Largo da Ordem.

Vários músicos da cidade vão fazer um show para tentar levantar o dinheiro que falta para a viagem, com entradas a dez reais.

Guego Favetti é um dos artistas que vão se apresentar. Conta que os cachês e parte da movimentação da noite também serão destinados ao lutador.

Quem quiser saber mais sobre a campanha e a trajetória do Emerson Bruce Lee pode acessar o site https://eulutocombruce.wordpress.com/

Repórter Cristina Seciuk

 

Deixe uma mensagem