Foto: EBC

Terminou nesta segunda-feira (6) o prazo para regularização dos eleitores que deixaram de votar e de justificar a ausência em três votações consecutivas. A grande procura gerou filas na Central de Atendimento ao Eleitor e nos Cartórios Eleitorais de Curitiba. Nos locais foram registrados cerca de 2 mil atendimentos ao longo do dia.

Em todo o Paraná, 114.625 títulos, de um total de 8.036.478 eleitores no estado, encontravam-se passíveis de cancelamento. Desses, apenas 4.218 haviam sido regularizados até o último levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O número representa apenas 3,67% dos documentos que precisavam de regularização.

Os nomes dos eleitores e os números dos respectivos documentos cancelados serão divulgados pela Justiça Eleitoral a partir do dia 24 de maio.

Restrições

Quem tem o título cancelado não pode obter passaporte ou carteira de identidade; participar de concorrência pública ou administrativa; obter empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de previdência social; fazer inscrição em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado; renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo; ou praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda.

Repórter Lucian Pichetti