Foto: Reprodução/Prefeitura Rio Branco do Sul

De acordo com o último boletim divulgado pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, mais de 28 mil pessoas foram afetadas pelo temporal que atingiu Curitiba e Região Metropolitana, além de cidades no interior do Paraná.

O boletim apresentado neste domingo (2) apontou o aumento no número de casas danificadas. Ao todo, 4.834 residências foram atingidas e 198 pessoas permanecem desalojadas.

Em Guarapuava, uma criança de oito meses morreu devido ao desmoronamento de um muro e duas pessoas ficaram feridas.

Segundo o Simepar, somente na última quinta-feira, Curitiba registrou 11 milímetros de chuva em 15 minutos e rajadas de 79 km/h; Guarapuava, 30 mm em 15 minutos; Ponta Grossa, 28 mm em 45 minutos e rajadas de 64 km/h.

Na Região Metropolitana de Curitiba, o município mais atingido foi Rio Branco do Sul, onde a forte queda de granizo danificou 500 residências, afetando duas mil pessoas. Em Pinhais, 400 residências sofreram danos, afetando 1.600 pessoas.

Desde sábado (1), a Defesa Civil Estadual iniciou a entrega de materiais de ajuda humanitária aos municípios atingidos pelas chuvas dos últimos dias. Foram destinadas telhas, além de kits dormitório, higiene e limpeza, para as famílias mais atingidas.

A prioridade de atendimento são as famílias mais vulneráveis e que possuem menor capacidade de recuperação.

Repórter William Bittar