Foto: Divulgação/Petrobras

Segundo informações repassadas pelo Posto da PRF de Araucária, a manifestação foi encerrada por volta das 21:00. Eram aproximadamente 30 pessoas que bloquearam a marginal da Rodovia do Xisto, na altura do quilômetro 148, onde ficam os portões que dão acesso ao terminal de distribuição da Repar, a Refinaria Pres. Getúlio Vargas, localizada em Araucária.

A GM, a PM e PRF foram acionados e dispersaram a manifestação. O processo ocorreu de forma pacífica. O protesto impedia a entrada dos caminhões de abastecimento de três empresas. Por causa do ato, alguns postos de Curitiba chegaram a registrar falta combustíveis durante a noite desta segunda.

Os manifestantes protestaram principalmente contra as seguidas altas nos combustíveis, usando cordas e bandeiras do Brasil. Um dos organizadores do protesto, que se identificou como Dom Ramos, disse que as manifestações foram provocadas também por inúmeros fatores e têm como alvo principal o Governo Federal e o Congresso

Os manifestantes também reclamam de taxas como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que varia de 20% a 40% conforme o Estado.

Repórter Fábio Buchmann

Deixe uma mensagem