Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil
Terrazza Panorâmico

A Marcha das Margaridas começou ontem, na capital federal. É a 6.ª edição do evento, que ocorre a cada 4 anos, e tem como objetivo a construção de um país com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência nas zonas rurais.

A organização é da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag). O Paraná é representado pela Federação dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares do Estado do Paraná (Fetaep). O presidente da entidade, Marcos Brambilla, falou sobre a importância da participação das mulheres do Estado.

O nome Marcha das Margaridas é uma homenagem à líder Margarida Alves, que virou um símbolo para as trabalhadoras rurais, no Brasil. O movimento começou no ano 2000. A expectativa é que o público chegue a 100 mil pessoas.

O principal objetivo do evento, em Brasília, é levar aos representantes os questionamentos feitos pelas trabalhadoras. 

A 6.ª edição da Marcha das Margaridas termina nesta quarta-feira.

Com informações de Johan Gaissler, repórter Marcelo Ricetti.