FOTO: DIVULGAÇÃO PREFEITURA)

Muito antes de ser considerada capital ecológica, ainda nos idos de 1654 quando era o povoado de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, Curitiba foi arraial de mineração – o primeiro do Brasil, devido à exploração do ouro que acontecia em Paranaguá. Naquela época era o local mais próximo as minas com mantimentos e hospedarias.

Nesta época chega a Curitiba, o bandeirante capitão povoador Matheus Leme. Ele convoca a primeira eleição para vereadores, instala o marco zero na Praça Tiradentes em 29 de março de 1693, e eleva o povoado à condição de Vila Curitiba em 1701.

Matheus Leme pode ser considerado o primeiro prefeito da capital. Por ter tido importância histórica é nome de Rua. A Rua Matheus Leme começa na Rua 13 de maio, região do centro histórico da cidade, segue pelo Bom Retiro e passa pelo centro cívico, atravessa o Ahú, alcança o São Lourenço, a Barreirinha, o Abranches.

A rua, uma homenagem ao povoador da cidade, é atualmente um dos mais ricos pólos gastronômicos e que se bem observado representa cada uma das origens da nossa cidade. Há restaurantes especializados em frutos do mar, que nos remetem a tão próxima Paranaguá, que fez de Curitiba polo para os tropeiros, tão bem representados pelas casas que servem a saborosa costela ou o churrasco.