Foto: Fecomércio
Terrazza Panorâmico

Menos casais serão presenteados neste Dia dos Namorados. Ao menos é o que aponta uma sondagem da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR). O percentual de apaixonados que pretendem presentear desta data é de 61,2%. Em 2018, a intenção de compra para o dia 12 de junho era de 64,5%. Ainda assim, nos anos anteriores o percentual de paranaenses dispostos a agradar a pessoa amada com um presente era menor: 54,6% em 2017 e 58% em 2016.

Entre os 38,8% que não irão presentear, a principal causa não é econômica, mas sim não ter um relacionamento estável (58,8%). Já entre aqueles que possuem um parceiro(a), a falta de condições financeiras é um dos principais impedimentos, com 22,8%.

Valor do presente

Os namorados pretendem comprar presentes mais caros neste ano. O tíquete médio será de R$143,75, enquanto em 2018 era R$128,25.

Tipos de presente

Roupas e calçados são a escolha da maioria, tanto de quem vai presentear quanto de vai receber algo no dia 12 de junho, com 46,1%. Os artigos de perfumaria também deverão ter alta nas vendas, uma vez que são a segunda opção de presentes mais citada, com 29,5%.

Repórter Lucian Pichetti