Foto: Reprodução/Google Street View
Terrazza Panorâmico
Foto: Street View

O Ministério da Agricultura determinou o recolhimento dos produtos das empresas Souza Ramos, Transmeat e Peccin, todas na região de Curitiba e citadas na Operação Carne Fraca.

Contando com o dia de hoje elas tem prazo de cinco dias para iniciar o recall das carnes provenientes dos seus estabelecimentos. Conforme a decisão, todos os produtos com origem nas plantas devem ser recolhidos, com o devido reembolso ao consumidor do que for levado de volta aos pontos de venda.

Após as auditorias realizadas pelo Ministério, ficou constatado que o estabelecimento da Souza Ramos em Colombo/PR, “não detém controle dos processos relacionados a formulação e rastreabilidade de seus produtos não garantindo a inocuidade dos produtos elaborados, fato que levou a interdição da mesma”.

No caso da Transmeat, localizada em Balsa Nova/PR, o MAPA esclareceu que “o estabelecimento não detém controle dos processos relacionados à rastreabilidade dos produtos”.

Já em relação à Peccin, localizada em Curitiba/PR, o MAPA destacou a “suspeita de risco à saúde pública ou adulteração” tudo conforme o Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal.

As empresas foram procuradas, mas até o momento da reportagem da rádio CBN Curitiba não conseguiu contato com os representantes.

 

Repórter Cristina Seciuk

Deixe uma mensagem