Foto: Vanessa Fernandes
Terrazza Panorâmico

O Ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro esteve em Curitiba, e em São José dos Pinhais, na região metropolitana, nesta sexta-feira (4) para acompanhar junto ao governador Ratinho Junior as ações do projeto Em Frente Brasil de combate à criminalidade.

Ainda pela manhã, Moro participou no Palácio Iguaçu, do Encontro do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Justiça, Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária.

Em São José dos Pinhais, o Ministro e o governador participaram de reunião com o prefeito do município, Toninho Fenelon, e os comandos das equipes de segurança da União, estado e município que atuam em conjunto no projeto-piloto iniciado em 30 de agosto.

Em seguida, em coletiva de imprensa, o Ministro Sérgio Moro respondeu a questionamentos dos jornalistas sobre o projeto piloto.

Antes do início da coletiva Moro adiantou que não falaria sobre outros assuntos que não fossem pertinentes ao projeto.

O Ministro Sergio Moro ressaltou que na segunda fase do Em Frente Brasil serão implantadas políticas urbanistas e sociais para mitigar fatores facilitadores da violência.

Moro exaltou os resultados obtidos na segurança pública após a implantação do projeto. Inicialmente em funcionamento em cinco cidades do país, e tendo São José dos Pinhais como única cidade na região sul contemplada nesta fase, o ministro ressaltou que a expansão do projeto será de acordo com a possibilidade da União, e comparou sem citar especificamente, outros projetos em segurança que começaram muito bem e não tiveram continuidade.

À época do lançamento do projeto, o anúncio da instalação para as cidades contempladas foi antecipado em mais de 30 dias, com isso, segundo questionamento feito ao ministro, criminosos teriam tido a chance de mudar para outros municípios, saindo do alcance das forças de segurança. De acordo com Sergio Moro, a intenção das forças de segurança não é a de que a criminalidade mude de município, mas sim mude-se para a cadeia.

Ainda na tarde desta sexta-feira o ministro visitou a Base da Força Nacional de Segurança Pública, uma Escola de Educação Especial Infantil, e o último compromisso em São José dos Pinhais foi uma visita ao gabinete da Força-tarefa.

O projeto-piloto “Em Frente Brasil”, reforçou o policiamento em cinco cidades do País, incluindo São José dos Pinhais. Nesta quinta-feira, após um mês de implantação do projeto, um relatório de resultados foi divulgado e aponta que em São José dos Pinhais houve queda de 40% nos homicídios e 24,4% nos roubos. Em números reais o relatório aponta que em setembro de 2018 ocorreram 5 homicídios em São José dos Pinhais, enquanto em setembro de 2019 com o projeto piloto em funcionamento foram 3 homicídios. Roubos, em setembro de 2018 foram 209 ocorrências, contra 158 roubos em setembro de 2019.

Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO) e Paulista (PE), além de São José dos Pinhais tiveram redução total de 53% no número de homicídios e 40% no número de roubos, conforme aponta o relatório.

Repórter Vanessa Fernandes