Morre o ex-deputado Leo de Almeida Neves

Morre o ex-deputado Leo de Almeida Neves
Divulgação: História do PDT

O ex-deputado paranaense Leo de Almeida Neves morreu na noite desta segunda-feira (2), Dia de Finados, aos 88 anos. Ele faleceu no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, em decorrência em complicações da Covid-19.

De acordo com a família do ex-parlamentar, o corpo será cremado em São Paulo e não haverá velório.

Jornalismo, política e literatura

Léo de Almeida Neves nasceu em 22 de março de 1932, na cidade de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Formou-se em Economia pela Faculdade de Ciências Econômicas do Paraná em 1953 e em Direito, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), no ano seguinte. Exerceu o jornalismo no Diário do Paraná e publicou artigos em vários jornais.

Almeida Neves foi diretor do Banco do Brasil, do Banestado e conselheiro da Companhia Paranaense de Energia (Copel). Além de advogado e economista, fazia parte da Academia Paranaense de Letras.

Entre os livros publicados, destacam-se “Vivência dos Fatos Históricos”, “Destino do Brasil: Potência Mundial: A Era Vargas Continua” e “Segredos da Ditadura de 64”, nos quais narra os fatos históricos de que participou em sua trajetória política.

ERRATA: A CBN Curitiba chegou a noticiar que o corpo estaria em translado para Curitiba. A reportagem foi corrigida às 12h45 após contato com a família do ex-deputado. Pelo erro, pedimos desculpas.

Repórter Lucian Pichetti 


Deputado fala em greve se ocorrer teste de volta às aulas