Foto: Francielly Azevedo

Depois de quase quatro horas preso às ferragens de um caminhão, um motorista, de 38 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, após o veículo tombar e invadir o terreno de uma residência, na Rua Dona Herminia Lupion, bairro Vista Alegre, em Curitiba, no fim da noite deste domingo (17).

Já era madrugada de segunda (18) quando o homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de dentro da cabine do caminhão. Por ser um local de difícil acesso, a demora se deu porque havia a possibilidade de o veículo virar.

Foi necessário o auxílio de um guincho da prefeitura para que os bombeiros conseguissem finalizar o salvamento. Nesta manhã, outro guincho retornou ao local para fazer a remoção do caminhão.

O tenente Trevisan, que auxiliou no atendimento da ocorrência, disse que, a princípio, o motorista perdeu o freio do caminhão e ao tentar fazer a curva no final da rua.

“Foi reportado que o caminhão tinha invadido uma residência depois de ter perdido o freio durante o deslocamento. O trabalho foi difícil devido a situação do caminhão, que não está estabilizado e pela segurança da própria equipe de resgate. Por isso tivemos que pedir o apoio de outro caminhão para estabilizar e começar os trabalhos. Depois tivemos mais dificuldade para tira-lo das ferragens”, explicou o tenente.

A Jurema Cordeiro é vendedora autônoma e é dona da casa onde o caminhão invadiu o terreno. Ela relatou o medo da situação, pois estava na cozinha da casa quando escutou os barulhos.

“Eu tava na cozinha fazendo macarrão para comer, fazia uns dez minutos que eu tinha chegado em casa. Assim que eu liguei a panela só ouvi aquele barulho e fui para a sala ver o que estava acontecendo, quando eu cheguei lá os dois meninos que estavam na sala foram me empurrando pra cozinha falando pra esperar porque alguma coisa tinha caído. Depois foi um susto muito grande, porque eu abri a porta e o caminhão estava ali né”, contou a vendedora.

A vendedora também revelou o medo de acidentes na região, pois esse não foi o primeiro susto que ela passou.

“Da outra vez foi um menino deixou o carro sem puxar o freio de mão, o carro veio sozinho e entrou no buraco entre o muro com o barranco. Em uma outra vez foi um senhor que ficou de pé no barranco e agora esse caminhão”, completou.

O caminhão estava carregado com papelão e é de responsabilidade de uma empresa que fica na região. O motorista teve fratura em uma das pernas e foi encaminhado ao hospital. Na casa, ninguém ficou ferido.

Com colaboração de Francielly Azevedo, repórter William Bittar