Foto: PRF (arquivo)

O motorista, de 22 anos, que provocou um acidente na Linha Verde, no bairro Pinheirinho, em Curitiba, foi denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) por homicídio com dolo eventual. Cinco pessoas morreram na batida.

A denúncia foi apresentada nesta segunda-feira (5), um ano após o ocorrido.

Conforme o MP-PR, após consumir bebidas alcoólicas em uma casa noturna, o rapaz conduziu o veículo, que era ocupado por outras três pessoas e, com a pista molhada por causa da chuva, dirigiu em alta velocidade.

Ele perdeu a direção do veículo na BR-476, atravessou o canteiro central e invadiu a pista contrária, colidindo com outro veículo em que estavam três passageiros. Com o choque, os dois carros pegaram fogo. O incêndio ocasionou a morte dos três ocupantes do carro atingido pelo veículo do jovem, além de outros dois amigos dele.

Além do motorista, um passageiro que estava no mesmo carro do denunciado, sofreu queimaduras na perna e foi socorrido por terceiros, já que o rapaz que causou o acidente fugiu do local e foi para casa em um táxi.

Ele foi denunciado pelos crimes de embriaguez ao volante; homicídios e tentativa de homicídio (todos com dolo eventual); omissão de socorro e fuga do local do crime.

Repórter Francielly Azevedo