Foto: Divulgação / TJ-PR
Terrazza Panorâmico

O Ministério Público do Paraná denunciou, por homicídio e por dirigir sem habilitação, o motorista que atropelou e matou uma criança de 3 anos, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba.

O caso aconteceu na Rua Professora Kloldi Jane Assis, no dia 25 de outubro. Na ocasião, Bruno Alisson Batista, de 24 anos, tentou fugir, mas foi contido por moradores da região até a chegada da Polícia Militar.

Marcelo Henrique Jardim, de 3 anos, chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento exato do atropelamento. Elas mostram o menino saindo de dentro de um mercado para o meio da rua, quando é atingido pelo motorista.

De acordo com o documento, assinado pelo promotor de Justiça, Roberto Franco Massa, o motorista estava dirigindo sob o efeito de álcool, “sem possuir habilitação ou permissão para dirigir e empreendendo velocidade visivelmente incompatível com aquela permitida para o trânsito em vias locais, demonstrando absoluta indiferença com as consequências de sua conduta”.

Segundo a Polícia Civil, o motorista já havia sido preso, em 2017, por embriaguez ao volante e por dirigir sem habilitação.

A defesa do motorista emitiu uma nota, informando que “o inquérito policial conta apenas com o depoimento de quatro testemunhas e o Instituto de Criminalística sequer retornou os ofícios de requisição dos laudos, peças fundamentais para a compreensão do fato” e que não concorda com “a descrição dos fatos feita pelo Ministério Público” o que será contestado oportunamente em juízo.

Repórter William Bittar