Foto: EBC
Terrazza Panorâmico

O Ministério Público do Rio decidiu devolver à Polícia Civil o inquérito do incêndio no Ninho do Urubu, para o aprofundamento das investigações.

O caso aconteceu em fevereiro, matou dez atletas da base do Flamengo e deixou outros três feridos.

Os promotores dizem que não há provas suficientes pra denunciar oito pessoas por homicídio doloso, e cobram esclarecimentos da Polícia Civil.

Ouça a reportagem completa em Rede CBN.