Foto: Divulgação

De 2016 a 2017, os órgãos de segurança pública no Brasil registraram 163.860 desaparecimentos. Só no Paraná, foram mais de 13 mil casos. Neste mês, o Ministério Público do Paraná (MPPR) criou o Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos, a partir de um acordo de cooperação técnica celebrado com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O acordo faz parte do projeto de expansão do Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos (Sinalid), que criou um sistema único de dados de pessoas desaparecidas em todo o país.

Saiba mais na entrevista com Rafael Moura, promotor de Justiça que está à frente deste programa no MPPR.