Categorias: CBN DESTAQUE Curitiba

Músicos fazem ato para pedir retorno da categoria em Curitiba

Cerca de 300 músicos de Curitiba fizeram um ato pacífico no fim da manhã desta terça-feira (01) em frente à Prefeitura. O pedido é pela elaboração de um protocolo em parceria com o executivo que possibilite o retorno dos profissionais ao trabalho.

Os músicos estão há cinco meses distantes dos palcos. O músico Waldir Rangel, um dos organizadores da manifestação, questiona a não liberação do trabalho da categoria por parte da Prefeitura.

No fim da tarde desta terça-feira (01) foi realizada uma reunião da categoria com representantes da Prefeitura de Curitiba para um alinhamento das solicitações e possível negociação. De acordo com Waldir Rangel o executivo aceitou montar uma comissão para elaborar o protocolo, que vai contar com a participação de membros da secretaria de saúde, representantes dos músicos e dos bares e restaurantes da cidade.

Em nota a Prefeitura de Curitiba informa que mantém no Decreto 1080/2020 a proibição de música ao vivo nos estabelecimentos. De acordo com o executivo essa é uma medida que visa diminuir o tempo de permanência das pessoas nos locais, considerando que a oferta desse tipo de entretenimento estimula o consumo de bebidas alcoólicas e a interação social.

A nota diz ainda que a Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas (Abrabar), inclusive, pediu na Justiça a liberação de música ao vivo. O Juiz Jailton Juan Carlos Trontini indeferiu o pedido de liminar. Na mesma ação a Abrabar pedia que os bares pudessem operar com 50% da capacidade e a reabertura do sistema de self service. Todas as demandas foram negadas.

Para auxiliar os músicos nesse momento, a Prefeitura de Curitiba, por meio da Fundação Cultural de Curitiba e do Instituto Curitiba de Arte e Cultura – ICAC, publicou nesta segunda-feira (31/8) dois novos editais emergenciais, com valor total de R$ 300 mil. Os editais são destinados para o segmento da música popular e devem atender músicos com trajetórias de apresentações boêmias em estabelecimentos tradicionais da cidade.

O primeiro edital, no valor de R$ 100 mil, será para grupos (duplas, trios, quartetos, quintetos ou sextetos) e prevê a gravação de peças musicais por meio do ICAC. As inscrições para este edital estarão abertas das 18h do dia 1º de setembro às 12h do dia 11 de setembro de 2020. As propostas deverão ser apresentadas no formulário digital disponível no site: www.icac.org.br/editais.

O segundo edital, no valor de R$ 200 mil, será destinado a músicos e grupos que deverão fornecer conteúdo previamente gravado. As inscrições para este edital da FCC estarão abertas das 18h do dia 16 de setembro até às 12h do dia 21 de setembro, e deverão ser feitas pelo Sisprofice. O edital com todas as informações está disponível site:
www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br/editais

Fotos com colaboração de Danilo Raphael:

Repórter Grasiani Jacomini

Essa postagem foi modificada em 1 de setembro de 2020 15:41

Compartilhar
Tags: ato pacífico manifestação músicos pandemia Prefeitura de Curitiba retorno

Esse Aceite utiliza Cookies