Pela Copa Libertadores da América, o Athletico enfrenta o Jorge Wilstermann, nesta quarta-feira (24), em Cochabamba, Bolívia, às 19h15, pelo horário de Brasília. O rubro-negro tenta, no mínimo, um empate para confirmar antecipadamente uma vaga para as oitavas-de-final. Se perder, tem a chance de se classificar na mesma noite, se o Tolima não derrotar o Boca Juniors na partida que começa às 21h30, em Ibagué, Colômbia.

O time paranaense viajou sem dois titulares: o volante Lucho Gonzáles, que sofreu uma lesão muscular; e o zagueiro Thiago Heleno, considerado o mais suscetível aos efeitos da altitude de Cochabamba, cidade que fica cerca de 2.500 metros acima do nível do mar. A equipe paranaense, do técnico Tiago Nunes, deve entrar em campo com: Santos; Jonathan, Paulo André, Léo Pereira e Renan Lodi; Camacho, Bruno Guimarães e Tomás Andrade; Rony, Marco Ruben e Nikão.

O Jorge Wilstermann, com remota chance de classificação, dispensou o técnico Miguel Angel Portugal, espanhol que comandou o Athletico no início de 2014. No Campeonato Boliviano, a equipe de Cochabamba ocupa a sexta colocação entre 14 clubes.

(Ayrton Baptista Junior)