Foto: EBC

O juiz Sérgio Moro vai ouvir nesta tarde a primeira testemunha de acusação na segunda ação penal da Lava Jato contra o ex-presidente Lula. O único depoimento do dia deve ser o do engenheiro Marcos Pereira Berti, ligado à empresa Toyo Setal. Os depoimentos de acusação devem seguir até o dia 07 de junho.

Entre as testemunhas convocadas pelo Ministério Público Federal, estão vários delatores da Lava Jato, como executivos da Odebrecht, da Toyo e da Camargo Corrêa, além dos ex-diretores da Petrobras Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró e também o ex-senador Delcídio do Amaral. Esse é o segundo processo contra Lula que tramita na Justiça Federal do Paraná.

O ex-presidente é acusado de receber propina da Odebrecht através da compra de um terreno em São Paulo, onde seria construída a sede do Instituto Lula, que custou mais de R$ 12 milhões, além da compra de um apartamento vizinho ao do petista, em São Bernardo do Campo, no valor de R$ 504 mil.

A outra ação contra Lula já está em fase final de julgamento, com a realização do depoimento do ex-presidente na próxima quarta-feira.

Repórter Tabata Viapiana

Deixe uma mensagem