Terrazza Panorâmico

A juíza Luciani Tesseroli Maronezi, da 2.ª Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Paraná, negou o pedido do ex-deputado federal e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, para cumprir o restante da pena no Rio de Janeiro.

Os advogados de Cunha fizeram a solicitação à Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro, que aceitou o pedido. No entanto, a juíza paranaense negou a transferência.

Eduardo Cunha está preso desde 2016, no Complexo Médico Penal, em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, em função de investigações da Operação Lava Jato.

Cunha foi condenado a 15 anos e 4 meses de prisão, pela 13.ª Vara Federal de Curitiba, sob acusação de ter pedido propina, para exploração da Petrobras em um campo de petróleo na África e ter recebido os valores em uma conta na Suíça.

Repórter Marcelo Ricetti