Foto: Francielly Azevedo

Curitiba conta desde essa quinta-feira (28) com a sétima faixa exclusiva para ônibus, ela foi instalada na Alfredo Bufren, no Centro. A nova faixa tem 750 metros e se estende no trecho entre a Presidente Faria e o cruzamento com a General Carneiro.

A mudança foi projetada para diminuir o tempo de viagem de 13 linhas que passam pelo local. Só que os comerciantes da região não aprovaram a novidade, porque as caixas de estacionamento que existiam na via foram retiradas.

Carlos Alan tem uma distribuidora de água em frente a praça Santos Andrade. Ele trabalha no local há 12 anos e diz que depende das áreas de carga e descarga para conseguir receber produtos.

Maurício Ramos trabalha em uma pastelaria ao lado do Teatro Guaíra e conta que o fluxo de clientes já diminuiu em pouco tempo sem as vagas de estacionamento.

A implantação da faixa exclusiva para ônibus faz parte de um projeto da prefeitura para dar mais agilidade ao transporte público e, com isso, atrair passageiros para o sistema. De acordo com a administração municipal, a mudança na Alfredo Bufren vai beneficiar 41 mil passageiros.

A Regina Fagundes ficou feliz com a alteração no trânsito. Ela pega ônibus em frente a praça Santos Andrade e aprovou a faixa exclusiva.

A funcionária pública Marlene Hank também é usuária do transporte coletivo. Ela gostou da mudança, só fez uma ponderação sobre o entorno do trecho com a faixa exclusiva.

A nova faixa começou a funcionar, mas os motoristas terão um prazo para se adaptarem. A fiscalização começa no dia 11 de abril, quando os condutores que forem flagrados circulando na faixa exclusiva para ônibus poderão ser autuados. Por enquanto, os agentes da Setran apenas orientam o trânsito no local.

O período de adaptação não vale para quem for flagrado parado na faixa amarela, onde antes eram as vagas de estacionamento rotativo. Nesse caso, o motorista é multado.

Repórter Francielly Azevedo