Foto: Rodrigo Fonseca / CMC
Terrazza Panorâmico

Curitiba terá um novo zoneamento. A Câmara Municipal aprovou a revisão da Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo da capital paranaense. O projeto estava em tramitação há mais de 1 ano, desde agosto de 2018.

O líder do governo, vereador Pier Petruzziello (PTB), destaca que o novo zoneamento é de interesse comum a todos, apesar do número de habitantes de Curitiba.

Pier Petruzziello comenta, ainda, sobre a transparência durante a tramitação do projeto. Segundo ele, não houve nenhum tipo de polêmica entre os vereadores.

Para grupo opositor, o novo zoneamento não significa um avanço muito grande para Curitiba. É o que comenta a líder da oposição, vereadora Professora Josete (PT).

De acordo com a vereadora, a habitação e a desigualdade social em Curitiba também devem ser discutidas na nova lei.

Segundo a prefeitura de Curitiba, os destaques da proposta são o aumento do zoneamento da Zona Central, a viabilização da Conectora 3 (que liga os bairros Hauer e Caiuá), o incentivo ao Vale do Pinhão como área de uso misto (residência, trabalho e serviços), a distribuição de empregos e serviços ao longo dos Eixos Estruturais e a conclusão da Linha Verde.

Com colaboração de Johan Gaissler, repórter Marcelo Ricetti