Fonte: Google Street View

Três prisões que aconteceram em junho ajudaram a Polícia Civil na identificação e prisão de integrantes de uma quadrilha especializada em furtos e roubos no Centro de Curitiba. Na manhã desta quinta-feira (12), nove pessoas foram presas no cumprimento de mandados de prisão temporária e de busca e apreensão na capital e na Região Metropolitana. Uma pessoa está foragida.

O delegado do 1º Distrito Policial, Cassiano Alfiero, responsável pela operação, conta que os grupos eram divididos para efetuar os crimes, que geralmente vitimizavam pessoas idosas e em saídas de agências bancárias nas praças Tiradentes e Carlos Gomes.

De acordo com Alfiero, cada grupo, denominado de ‘loja’, praticava cerca de 10 crimes por dia e a maior dificuldade de identificação dos integrantes é a falta de informação, pois muitas pessoas acabam não se dando conta de que foram furtadas e deixam de fazer o boletim de ocorrência.

O delegado também faz uma orientação para pessoas que saem de agências bancárias e casas lotéricas para que não virem vítimas da quadrilha.

A operação foi coordenada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal de Curitiba. Os mandados foram cumpridos nos bairros Boqueirão, Xaxim, Bairro Alto, CIC, Centro e também em Pinhais e Almirante Tamandaré, na região metropolitana.

Além das prisões, os policiais apreenderam vários celulares e um simulacro de arma de fogo.

A Polícia Civil afirmou que as investigações continuam e cerca de 30 pessoas são investigadas por envolvimento e participação na quadrilha.

Repórter William Bittar

Deixe uma mensagem