Foto: Reprodução/PRF

Nove homens foram presos em flagrante em Colombo, na Região de Curitiba, em uma ação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Civil do Paraná (PCPR). Eles participariam de rachas na BR-476, a Estrada da Ribeira.

A operação conjunta, denominada “Fast and Furious” (Velozes e Furiosos, em inglês), reuniu 54 policiais na madrugada deste domingo (24). O foco foi um bar que funciona às margens da rodovia, no bairro Alto Maracanã.

Investigação

Nas últimas semanas, as áreas de inteligência da PRF e da Polícia Civil fizeram levantamentos sobre a prática criminosa, realizada semanalmente no local. Diversos grupos se reuniam com o objetivo de praticar rachas, empinar motos, dar cavalos de pau, além de dirigir sob efeito de álcool. De acordo com o policial rodoviário federal Fernando Oliveira, denúncias motivaram a operação.

Os presos têm entre 18 e 28 anos de idade. Oito deles foram detidos pelo crime de participar de corrida ou exibição não autorizada, previsto no artigo 308 do Código de Trânsito. A pena é de seis meses a três anos de detenção, além da suspensão da carteira de habilitação. Os veículos envolvidos foram todos recolhidos.

O dono do bar, que estimulava e praticava rachas, também foi preso.

Além dos nove presos, outros 11 condutores já foram identificados através de vídeos publicados na internet e também responderão pelo crime de praticar rachas e manobras de exibição. Todos os detidos foram encaminhados à Delegacia de Delitos de Trânsito, em Curitiba. Em todo o trecho da Estrada da Ribeira onde os crimes foram praticados, a velocidade máxima é 60 km/h.

Repórter Lucian Pichetti