Terrazza Panorâmico

O delegado Luciano Flores de Lima tomou posse, nesta segunda-feira (4), como Superintendente Regional da Polícia Federal (PF) no Paraná. Durante a cerimônia, ele garantiu a continuidade da Lava Jato e destacou que a Operação está longe do fim.

Flores de Lima disse que a soltura de presos da Lava Jato não desanima os policiais envolvidos na operação e que ela é apenas a “ponta do iceberg”.

O delegado classificou a Lava Jato como a maior operação “do mundo”. Afirmou que equipamentos tecnológicos estão sendo implantados para agilizar os procedimentos.

O efetivo policial também deve ser aumentado com o chamamento de aprovados no último concurso.

Luciano Flores de Lima substitui Maurício Valeixo, nomeado diretor-geral da PF pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. O delegado está na PF desde 2002. De 2014 a 2016, atuou na Lava Jato e foi o responsável por executar a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2016.

Repórter Francielly Azevedo