Foto: PM/PR

Foi divulgada nesta quinta-feira (17) o balanço anual de mortes em confrontos com policiais no Paraná. Os dados são fruto de um levantamento feito pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), unidade do Ministério Público do Paraná que tem entre suas funções o controle externo da atividade policial.

Ao todo, foram registradas 327 mortes em confrontos que envolveram policiais no Paraná em 2018, número 18,9% maior do que as 275 mortes registradas em 2017. Desde o começo da série histórica em 2015, o aumento nas mortes em confrontos com a polícia foi de 32%.

A maioria dessas mortes foram registradas quando o confronto é com a Polícia Militar, 312 no total. A Polícia Civil se envolveu em 12 confrontos que tiveram mortes e a Guarda Municipal registrou 3 ocorrências do gênero ao longo de 2018.

Curitiba é a cidade que mais registrou mortes após confrontos com a polícia, são 73 casos registrados na capital. Com 23 mortes, Londrina é a segunda cidade com mais mortes em confrontos policiais no Estado. São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, é a terceira cidade no ranking, com 21 ocorrências de óbito após confronto.