Foto: Divulgação
Terrazza Panorâmico

Uma operação conjunta da Polícia Militar, Polícia Federal e a Administração dos Portos do Paraná (Appa) quer coibir o tráfico de drogas no Porto de Paranaguá, no Litoral do Estado.

Desde o início do ano, mais de oito toneladas de cocaína já foram apreendidas no terminal de cargas, o que motivou a operação que iniciou nesta semana.

Um grupo de 20 homens, formado por integrantes da Guarda Portuária, militares e agentes federais, junto de cães farejadores, vistoriaram 109 veículos que saíram do terminal com destino à África.

O chefe da Unidade Administrativa de Segurança Portuária (UASP), major César Kamakawa, afirma que a ação é justamente uma resposta ao aumento das apreensões no Porto de Paranaguá.

Em seis meses, a quantia apreendida no Porto chegou a quase o dobro das apreensões realizadas em 2018, quando 4,8 toneladas de cocaína foram apreendidas.

A apreensão mais recente aconteceu na madrugada desta quinta-feira (11), quando 662 quilos de cocaína foram localizados em um contêiner que transportava madeiras e tinha como destino o porto de Antuérpia, na Bélgica.

Repórter William Bittar