Foto: Karina Bernardi

A família da advogada Tatiane Spitzner, morta em julho em Guarapuava, participou do ato realizado pela OAB-Paraná contra a violência de gênero em Curitiba. O pai, Jorge Spitzner disse que pretende lutar para combater a violência contra a mulher.

A manifestação, no final da manhã deste sábado (11), foi para celebrar o Dia do Advogado. O pai, a mãe e a irmã de Tatiane Sptizner, participaram do protesto. O pai, Jorge Spitzner, que também é advogado, falou que está acompanhando de perto as investigações e que a partir de agora, vai lutar contra a violência de gênero no país.

O presidente da seção Paraná da OAB, José Augusto Noronha, destacou que a atuação da OAB é para garantir o exercício da cidadania e que a violência contra as mulheres precisa ser combatida.

Cerca de 500 pessoas participaram do ato. Elas saíram da sede da OAB, no Bom Retiro, e seguiram em caminhada até o Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico.

Repórter Karina Bernardi

Deixe seu comentário