Fotos: Cabo Valdemir da Luz / AEN
Fotos: Cabo Valdemir da Luz / AEN

Para curtir a temporada de verão com tranquilidade, os pais precisam tomar alguns cuidados com as crianças nas praias. A principal orientação do Corpo de Bombeiros é usar a pulseirinha de identificação, com o nome do pai ou da mãe, o do filho e um número de telefone – o que ajuda caso a criança se perca da família.

As pulseirinhas de identificação das crianças são distribuídas em todas as praias paranaenses em pontos específicos, como postos de guarda-vidas, módulos móveis e viaturas da Polícia Militar. Além disso, nas areias, os pais encontraram duplas de policiais que entregam as pulseirinhas, que possuem o nome do pai ou da mãe, o do filho e um número de telefone – o que ajuda caso a criança se perca da família na praia.

De acordo com a tenente Virgínia Turra, do Corpo de Bombeiros, é importante colocar a pulseirinha nas crianças mesmo para os pais que não costumam deixar os filhos saírem de perto.

Além de cuidar para que os filhos não se percam, os pais também precisam ficar atentos ao entrar no mar, para evitar afogamentos. Ainda segundo a tenente, os pais não devem confiar apenas em boias, e por isso, precisam sempre estar perto das crianças na água.

Na última temporada de verão, segundo o Corpo de Bombeiros, mais de três milhões de pessoas passaram pelo litoral do estado. Foram localizadas 475 crianças perdidas. Mais de dez mil e quatrocentas pulseirinhas de identificação foram distribuídas pela Polícia Militar.

Repórter Tabata Viapiana

Deixe uma mensagem