Foto: AEN
Terrazza Panorâmico

O presidente Jair Bolsonaro lançou, nesta segunda (11), o Plano Verde Amarelo, programa de incentivo a contratação de jovens entre 18 e 29 anos. A finalidade é gerar 1,8 milhão de empregos até 2022, com a flexibilização da regra de trabalho aos domingos, com o incentivo ao microcrédito e com mudanças jurídicas relacionadas a processos trabalhistas.

Segundo o governo, A redução dos custos do empregador será de cerca de 30%.

No mesmo dia o Governo do Paraná anunciou a criação do programa Cartão Futuro, para incentivar a abertura de vagas de trabalho para 20 mil jovens de 14 a 18 anos em situação de vulnerabilidade social.

De acordo com o governador Ratinho Junior, a iniciativa dá uma primeira oportunidade de emprego para pessoas que têm dificuldades de colocação no mercado de trabalho. Ele destacou que o Estado tem trabalhado para buscar investimentos e gerar oportunidades.

Um dos objetivos do programa é incentivar as micro e pequenas empresas a contratar aprendizes. Para isso, o Governo do Estado vai financiar parte dos vencimentos, com recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. Com o mesmo mecanismo, a administração estadual vai estimular as grandes empresas a abrir novas oportunidades para jovens.

A medida será trabalhada mesmo junto às companhias que já cumprem a cota estabelecida por lei federal. O programa Cartão Futuro será administrado pela Secretaria da Justiça, Trabalho e Família, que está finalizando a regulamentação da medida. O secretário Ney Leprevost lembrou que o Estado tem o compromisso com a geração do emprego e a qualificação profissional.

Entre os programas de capacitação e qualificação profissional, o destaque são as Carretas do Conhecimento, realizado em parceria com o Senai. São oito escolas móveis que oferecem cursos de Instalações Elétricas, Manutenção de Motocicletas, Confecção, Elétrica Automotiva, Mecânica Automotiva, Mecânica Industrial Básica, Panificação e Refrigeração.