Paraná tem 1.496 políticos inelegíveis

Paraná tem 1.496 políticos inelegíveis
Foto: Google Street View

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) entregou, nesta quarta-feira (2), ao Tribunal Regional Eleitoral, a relação de agentes que tiveram contas desaprovadas nos últimos oito anos. A lista servirá de base para a Justiça Eleitoral analisar os pedidos de registro de candidaturas às eleições municipais de novembro, validando-as ou não. O ocupante de cargo público eletivo que tem as contas reprovadas é considerado inelegível.  

No total, integram a lista 1.496 pessoas, 492 são prefeitos ou ex-prefeitos, quatro vice ou ex-vice-prefeitos e 289 são vereadores ou ex-vereadores. Destes últimos, 169 são presidentes ou ex-presidentes de câmaras municiais. 

Nos 399 municípios serão aproximadamente 30 mil candidatos a prefeito e vereador. A decisão sobre a validade ou não do registro de candidaturas é da Justiça Eleitoral. Ao Tribunal de Contas cabe apresentar a relação das pessoas que se enquadram nos requisitos legais.

O material produzido pelo Tribunal de Contas conta com um georreferenciamento por município e traz o detalhamento das causas de desaprovações das contas.

Neste ano, devido à pandemia da Covid-19, a eleição foi adiada para novembro. O primeiro turno está marcado para o dia 15 e o segundo, nos municípios onde houver, será no dia 29 de novembro.

O TCE disponibilizou a lista com os políticos inelegíveis em seu portal na internet. Acesse aqui.

Repórter Vanessa Fernandes