Foto: Divulgação SESA

Os municípios que entraram na lista são: Capanema, Realeza, Rancho Alegre D´Oeste, Mandaguari, Jataizinho, Sertaneja e Palotina. Agora são 70 cidades nesta situação.

O informativo também aponta 15.396 casos confirmados da doença desde junho de 2018. São 1.892 casos a mais do que os registrados na semana passada.

Os casos autóctones, aqueles em que a doença é contraída no próprio município de residência dos infectados, somam 14.961. Outros 435 são casos considerados importados, quando a pessoa contraiu a doença fora da cidade onde mora.

De junho de 2018 até esta terça-feira, 17 pessoas morreram em decorrência de complicações da dengue no Paraná.

A coordenadora de Vigilância Ambiental da Secretaria Estadual da Saúde, Ivana Belmonte, fala que a situação é grave e os índices elevados de infestação do mosquito revelam a necessidade de a população ajudar no combate ao Aedes aegypti.

Além dos casos confirmados, já são quase 76 mil notificações da doença nas 22 Regionais de Saúde do Estado. Dos 399 municípios do Paraná, 243 já tiveram casos de dengue confirmados.

Repórter William Bittar