Foto: Agência Brasil
Terrazza Panorâmico

O Ministério Público do Paraná apresentou, nesta sexta-feira (20), em entrevista coletiva, dados alarmantes sobre a Operação Mata Atlântica Em Pé deste ano, que envolveu 16 estados: AL, BA, CE, ES, GO, MG, MS, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, SC e SP.

Ao todo, foram mais de 500 propriedades fiscalizadas. Nelas, foram confirmados mais de 5.300 hectares de desmatamento. E foram aplicadas multas, num total de R$ 22 milhões.

Minas Gerais segue como o estado campeão de desmatamento da Mata Atlântica. Aqui no Paraná, todas as 53 áreas fiscalizadas foram autuadas, como explica o coordenador nacional da iniciativa, promotor de Justiça Alexandre Gaio, do Ministério Público estadual.

Segundo o diretor de Políticas Públicas da ONG SOS Mata Atlântica, os números impressionam. Especialmente aqui no Paraná, onde há 10% da área original da Mata Atlântica remanescentes e menos de 1% da Araucária, árvore símbolo do Estado, preservadas.

Os próximos passos são envolver as frentes parlamentares ligadas ao Meio Ambiente, nos legislativos estaduais, nos processos de fiscalização ao desmatamento, com o apoio necessário aos órgãos locais diretamente envolvidos.

Foto: Marcelo Ricetti
Foto: Marcelo Ricetti

Repórter Marcelo Ricetti