Foto: Divulgação/SEMA
Terrazza Panorâmico

Está previsto para o mês de setembro o início das obras do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos em Pontal do Paraná, no litoral do Estado. A unidade terá uma área total de 800 metros quadrados, com laboratórios, estrutura hospitalar e salas de análise de dados.

O Centro de Reabilitação será comandado pelo Centro de Estudos do Mar, da Universidade Federal do Paraná. O espaço abriga os cursos e pesquisas voltados para a biologia marinha, oceanografia, aquicultura e ciências do mar. A nova unidade vai complementar o trabalho de estudos feitos pelo espaço acadêmico, que também tem uma equipe voltada para os cuidados dos animais marinhos que aparecem no litoral paranaense.

Foram dois anos para obter as licenças necessárias para a construção. O investimento será de R$ 2 milhões. Esta foi uma contrapartida imposta para a Petrobras, conforme explica a bióloga Camila Domit, que é coordenadora do Laboratório de Ecologia e Conservação do Centro de Estudos do Mar, e que também será a responsável pelo Centro de Reabilitação de Animais Marinhos.

Camila Domit conta como será o trabalho do Centro de Reabilitação de Animais Marinhos no Paraná.

O centro terá a capacidade para atender simultaneamente até 100 aves não voadoras, como os pinguins; dez aves voadoras, dois lobos marinhos, um golfinho e dez tartarugas marinhas. Além disto, haverá uma área para despetrolização, em caso de acidentes, segundo Camila.

A expectativa é de que obras sejam concluídas até março do ano que vem.

Repórter Joyce Carvalho

Deixe uma mensagem