Foto: Geraldo Bubniak/ANPr
Terrazza Panorâmico

No Paraná, somente 5% das crianças e adolescentes participam de grêmios estudantis. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que completa 29 anos de vigência neste mês, prevê em seu artigo 16 que toda criança e adolescente tem direito a liberdade de opinião e expressão, de participar da vida familiar e comunitária e de participar da vida política.

Passadas quase três décadas, a lei ainda engatinha no cumprimento de um dos direitos mais básicos assegurados.

Entenda como incentivar os jovens a se engajarem na vida política na entrevista com Beatriz Caitana, especialista em articulação do Centro Marista de Defesa da Infância.