Foto: Prefeitura de Curitiba

O coletivo seguia pela Linha Verde quando, três homens armados entraram no ônibus, em frente a Ceasa, no bairro Tatuquara, em Curitiba. Eles anunciaram o roubo e levaram os pertences dos passageiros, agindo com muita agressividade.

Um dos passageiros, identificado como Joseildo Marcelino de Souza, 37 anos, reagiu ao assalto e levou um tiro na cabeça. Ele estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Trabalhador, mas não resistiu e morreu neste final de semana.

Durante as investigações, os policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DRF) de Curitiba, chegaram até dois suspeitos do arrastão. Um jovem de 19 anos foi preso e um adolescente de 16 anos foi apreendido.

O delegado-adjunto da Delegacia de Furtos e Roubos, Emmanoel David, conta que o preso confessou ter atirado no passageiro após ele reagir quando um dos suspeitos agrediu uma mulher.

O terceiro suspeito do arrastão já foi identificado, mas segue foragido.

Deixe seu comentário