cartao-transporte-passagens-de-onibus
Foto: Cesar Brustolin/SMCS
Terrazza Panorâmico

Durante muito tempo, a única forma de o passageiro comprar passagens de ônibus era enfrentando a fila que se formava na sede da Urbs, na Rodoferroviária de Curitiba, mas, a partir do dia 16 de setembro, essa alternativa não vai mais existir, pois, a venda de crédito de transporte por lá será desativada.

Com a chegada dos aplicativos de celular, como o Recarga Pay e o Qiwi, além da possibilidade da compra de passagens de ônibus em bancas de jornais e revistas, o atendimento na Rodoferroviária diminuiu.

Atualmente, são 19 pontos de venda em ruas e praças espalhados pela cidade, além de sete estabelecimentos que ficam dentro dos terminais Boa Vista, Campina do Siqueira, Portão, Centenário, Fazendinha, Hauer e Santa Cândida.

Além disso, o crédito para o transporte coletivo também pode ser comprado pelo site da bilhetagem eletrônica, no sbe.curitiba.pr.gov.br. Pelo site, quem nunca efetuou a compra, precisa fazer um cadastro e o tempo de liberação dos créditos é de até 72 horas.

Repórter William Bittar