Foto: Arquivo ANPr
Terrazza Panorâmico

A exemplo da concessionária Caminhos do Paraná, a Viapar também respeitou a decisão da Justiça Federal e baixou as tarifas de pedágio de suas praças, a zero hora desta terça-feira (30). Os valores foram reduzidos em 19,02%.

Novas tarifas

As tarifas para carro em Arapongas e Marialva, no norte do Paraná, passaram de R$ 10,50 para R$ 8,50. Em Presidente Castelo Branco, no noroeste, o pedágio que custava R$ 14,20 agora é de 11,50. Já nos municípios de Floresta e Campo Mourão, no centro-oeste, e em Corbélia, no oeste, a tarifa passou de R$ 15,80 para R$ 12,80.

Operação Integração

A determinação do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), do dia 22 de abril, é de caráter liminar e cabe recurso.

Os pedidos de redução dos valores foram apresentados pela força-tarefa da Lava Jato. Enquanto a punição para a Viapar é de redução de 19,02%, para a Caminhos do Paraná foi de 25,77%.

Para os procuradores do Ministério Público Federal (MPF), os valores correspondem ao somatório de degraus tarifários obtidos em aditivos recentes mediante pagamento de propina a agentes públicos.

O esquema criminoso foi identificado na Operação Integração, deflagrada no âmbito da Operação Lava Jato. Os processos apuram a prática de crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, estelionato e peculato na administração das rodovias federais do Paraná.

Repórter Lucian Pichetti