Foto: Pixabay

As vendas no comércio do Paraná ficaram estáveis no mês de julho. Segundo dados da Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR), as vendas de julho apresentaram ligeira queda de -0,05% em relação a junho deste ano. Este foi o terceiro mês seguido em que não houve crescimento no comércio do Paraná.

Com isso, o volume de vendas no acumulado do ano está reduzindo gradualmente. O primeiro semestre fechou com alta de 5,13% em relação ao mesmo período do ano passado, mas com o resultado negativo de julho, as vendas no comércio no acumulado do ano estão 4,02% acima do que no ano passado.

Os setores que registraram as maiores perdas foram combustíveis, com redução de 19,95%, seguido do setor de autopeças e do setor de móveis, decorações e utilidades domésticas. Com temperaturas mais amenas em julho, as lojas de vestuário e de calçados tiveram queda no movimento.

O desempenho do varejo do Paraná vem sendo sustentado principalmente pelas concessionárias de veículos, que cresceram 33,07% entre janeiro e julho, e materiais de construção, que apresentaram aumento de 12,85% nas vendas.

Repórter Karina Bernardi