Foto: Divulgação/ Hospital Pequeno Príncipe

O Hospital Pequeno Príncipe deve receber mais dois hospitais no bairro Bacacheri, em Curitiba. A licença prévia foi assinada nesta terça-feira (5), e prevê a implantação inicial de um hospital-dia com capacidade para 800 cirurgias e 3000 consultas por mês. Além disso, o espaço fica ao lado do aeroporto do Bacacheri, facilitando o transporte de pacientes que precisem de procedimentos de alta complexidade.

A construção ocorrerá em diferentes fases. A primeira unidade a ser instalada será o hospital-dia, que contará com centro cirúrgico com capacidade para 40 cirurgias por dia e 24 leitos, sendo 20 para o SUS e quatro para convênios.

O diretor-geral do complexo Pequeno Príncipe, José Álvaro da Silva Carneiro, explica como será o funcionamento dos novos hospitais.

O diretor também lembra que o hospital que fica entre a Avenida Iguaçu e a Desembargador Motta, no bairro Rebouças, seguirá em pleno funcionamento. Carneiro conta ainda como funcionará o hospital de alta complexidade, próximo passo do projeto.

Referência no atendimento de crianças e adolescentes, o diretor reforça que os tratamentos serão iguais para todas as pessoas.

Um ambulatório de especialidades com seis consultórios também será instalado no local. A unidade ofertará atendimentos na área de saúde auditiva, infusões, oftalmologia entre outras especialidades. As obras estão previstas para iniciarem no final deste ano.

Repórter William Bittar