Foto: AEN

Sol, praia, mar, piscina. São poucos os que não gostam desta combinação. Tanto que as cidades litorâneas estão lotadas de veranistas, que querem aproveitar os dias de folga, ainda mais em um período de festas.

No entanto, isto não pode significar deixar a segurança de lado. São estes descuidos que podem gerar acidentes, como os afogamentos.

A tenente Ana Paula Zanlorenzzi, da equipe do Corpo de Bombeiros que está no litoral do Estado atuando na Operação Verão, ressalta a importância de os banhistas procurarem áreas onde há cobertura de guarda-vidas.

As orientações não param por aí, especialmente para os jovens e adultos. Bebidas alcóolicas, mar e piscina não combinam, segundo a tenente.

E muita gente que já exagerou na bebida quer tomar banho de mar durante a noite ou a madrugada. Ou ainda fazer alguma simpatia na virada do Ano Novo entrando na água. Mas é preciso muito cuidado.

As crianças são um capítulo à parte nos cuidados durante a folga nas praias. Eles devem ser redobrados. A garotada precisa estar acompanhada a todo o momento e sob observação constante, de acordo com a tenente Ana Paula. E as orientações seguem.

O uso de pulseirinhas com identificação também é altamente recomendado. Elas podem ser encontradas com guarda-vidas, bombeiros e policiais, que farão essa distribuição gratuitamente.

Repórter Joyce Carvalho