Imagem: Lopes Fabiano Ramos
Terrazza Panorâmico

Imagine estar dentro de um barco em alto mar, e de repente visualizar uma casa flutuando! Foi o que um grupo de pescadores de Matinhos, no litoral do Paraná, registrou nesta quinta-feira (17).

A casa foi flagrada à deriva no oceano, a aproximadamente sete quilômetros da faixa de areia, como conta o pescador Lopes Fabiano Ramos. Ele ainda tentou rebocar a casa, mas não conseguiu.

De acordo com o pescador Lopes Fabiano, a casa estava totalmente preservada e foi possível entrar no local. Ele conta como foi a experiência e o que ficou faltando.

A casa foi arrastada com a força da chuva e dos ventos da região da Baía de Guaratuba, e era usada como base para o cultivo de ostras que acontece na região.

Na tarde desta quinta-feira, a maré já tinha feito com que a casa chegasse até a areia no balneário Inajá, em Matinhos. De acordo com Lopes Fabiano, uma distância aproximada de 10 quilômetros desde a Baía de Guaratuba.

Apesar do fato inusitado ter sido motivo de diversão entre os pescadores, o vento e o temporal que atingiu o litoral paranaense causou estragos em diversas localidades.

No início da tarde desta quinta-feira o prefeito de Guaratuba, Roberto Justus comentava os estragos causados pela chuva com certo alívio, já que foram apenas danos materiais.

SONORA – CASA FLUTUANTE 4 (VF)

E o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), emitiu um novo alerta válido até a meia noite desta sexta-feira (18). No comunicado, o instituto afirma a possibilidade de chuvas de até 100 mm/dia e ventos intensos com até 100 km/hora.

Repórter Vanessa Fernandes