Foto: Divulgação/Detran
Terrazza Panorâmico

Uma pesquisa realizada pela Associação Paranaense dos Organismos de Inspeção Acreditados (APOIA) aponta que 34% da frota de veículos movidos a GNV está irregular. Sobre este assunto, recebemos no estúdio da CBN o diretor financeiro da APOIA, Daniel Ariede.

Daniel esclarece como foi feito o levantamento, quais os riscos para os condutores de utilizarem o GNV sem inspeção e de quanto em quanto tempo precisa fazer essa inspeção.