PF deflagra Operação Nepsis (Foto: Divulgação / Agência PF)

A Polícia Federal deflagrou neste sábado (22) a Operação Nepsis, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa de grande porte especializada no contrabando de cigarros e para combater a corrupção policial que facilitava este crime. A operação ocorreu em cinco estados, sendo um deles o Paraná. As ações também foram realizadas no Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Alagoas.

Segundo informações divulgadas pela Polícia Federal, as equipes envolvidas na operação cumpririam 35 mandados de prisão preventiva, oito mandados de prisão temporária, 12 suspensões de exercício de atividade policial e 43 mandados de busca e apreensão nos cinco estados.

A Polícia Federal informou que a organização criminosa investigada formou um consórcio de contrabandistas de cigarros, em rede sofisticada de escoamento do produto vindo do Paraguai pela fronteira do Mato Grosso do Sul.

O grupo estava estruturado em um sistema logístico de características empresariais, com a participação de centenas de pessoas exercendo funções de gerentes, batedores, olheiros e motoristas. Segundo a PF, havia a participação de policiais no esquema criminoso.

Conforme as investigações, estima-se que, no ano passado, os envolvidos tenham encaminhado pelo menos 1,2 mil caminhões carregados com cigarros contrabandeados às regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste do País.

Repórter Joyce Carvalho, com informações da Polícia Federal do Mato Grosso do Sul

Deixe uma mensagem