Foto: Agência Brasil
Terrazza Panorâmico
Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (28) a Operação Malote, contra uma rede de traficantes de drogas na região oeste do Paraná. 49 equipes atuam na operação.

As investigações da PF começaram há dois anos e descobriram que os criminosos forneciam drogas para o Nordeste do Brasil e também para estados do Sudeste como São Paulo e Rio de Janeiro. Ao longo desse tempo, a Polícia Federal apreendeu 16 carregamentos de drogas em 5 estados e prendeu 21 pessoas. Com isso, foram retidas 39 toneladas de maconha e 160 kg de cocaína. A principal organização criminosa tinha sede em Umuarama, segundo a PF.

De acordo com as investigações, os traficantes utilizavam grupos no WhatsApp para articular as ações da quadrilha. Por conta disso, ordens judiciais foram emitidas para que houvesse interceptação das conversas. Como os dados das conversas são criptografados e o WhatsApp não liberou o acesso dos policiais, o Juízo Federal de Umuarama determinou que a empresa pague multas, que já chegam R$ 2,1 bilhão.

Os investigados devem responder pelos crimes referentes à Lei Antidrogas e de Combate ao Crime Organizado, além dos delitos de corrupção ativa e passiva.

Deixe uma mensagem