Foto: William Bittar/CBN Curitiba

A Superintendência da Polícia Federal em Curitiba encaminhou pedido à Justiça para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja transferido do local. Ele cumpre pena na sede da PF, no bairro Santa Cândida aqui em Curitiba, desde o dia 07 de abril.

A informação sobre a existência desse pedido encaminhado à juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, foi confirmada pela defesa do ex-presidente Lula, que tem prazo para se manifestar sobre o assunto; mas como o processo está em sigilo outras informações não foram confirmadas pela assistência da defesa.

A assessoria de comunicação da Polícia Federal em Curitiba confirma que o pedido foi encaminhado e que entrou nesta terça-feira (24) no processo eletrônico. As informações são de que a solicitação de transferência foi feita por causa da alta previsão de gastos com a permanência de Lula na Superintendência, pelas alterações de rotina no perímetro e na própria repartição pública, além da falta de estrutura adequada para custódia. De acordo com a PF, o espaço destinado à Lula é apenas de passagem, e não paro o cumprimento efetivo de pena, com situação de improviso da “sala de estado maior” montada para receber Lula.

Na última semana, o diretor do Departamento Penitenciário do Estado, Luiz Alberto Cartaxo, afirmou à CBN Curitiba que o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana, está preparado para uma possível transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Outro pedido feito pela transferência do ex-presidente veio da Prefeitura de Curitiba, via procuradoria geral do Município, por causa de impactos na rotina da região da PF, notoriamente residencial. O requerimento da administração ainda tem prazo contanto, e uma resposta deve sair até o dia 2 de maio, data máxima para manifestações da Defesa e do MPF.

Deixe uma mensagem