Foto: Ilustração/Arquivo
Terrazza Panorâmico

O policial militar denunciado por homicídio e fraude processual pelo Ministério Público do Paraná foi preso preventivamente, nesta segunda-feira (3). Ele é suspeito de matar o motociclista Leandro Pires, na BR-277, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, e plantar uma arma na cena do crime.

O mandado de prisão foi expedido pela juíza Luciani Regina Martins de Paula, da 1ª Vara Criminal de São José dos Pinhais. O policial prestou depoimento na Corregedoria da Polícia Militar e foi encaminhado para o Batalhão de Polícia de Guarda, em Piraquara, onde permanece detido.

O crime aconteceu no dia 21 de abril, após o motociclista não obedecer uma ordem de parada. A primeira informação repassada pela Polícia Rodoviária Federal foi que o motociclista estava armado e entrou em confronto com a Polícia Militar. O Ministério Público afirma que Leandro não estava armado e não teve nenhuma possibilidade de defesa.

Além do policial preso, outro colega dele foi denunciado por fraude processual e permanece em liberdade.

Repórter Francielly Azevedo