Foto: PMPR
Terrazza Panorâmico

A Polícia Militar do Paraná divulgou nesta sexta-feira (26) o esquema de policiamento da corporação para o 2º turno das Eleições 2018, que ocorre no domingo (28).

O objetivo da PM com o esquema é garantir e preservar a ordem pública no território paranaense durante o pleito eleitoral e o acesso dos eleitores aos locais de votação.

Todo o efetivo policial, que conta com mais de 10 mil policiais militares e 1,7 mil viaturas, atuarão em todo o Estado. A operação inicia já neste sábado com a intensificação de policiamento nas proximidades dos locais de votação e locais estratégicos para garantir o direito ao voto nos 4.790 locais de votação e 26.119 seções eleitorais.

Segundo o coronel Antônio Zanatta, Chefe do Estado Maior da PM, somente em Curitiba será utilizado 500 viaturas policiais. Ele lembra que por mais que seja um turno bem menor em relação às votações do dia 7 de outubro, a capital paranaense requer um quadro de segurança maior.

O coronel também afirma que a Polícia Militar já se prepara para as possíveis comemorações dos eleitores, independente de quem vença o pleito. Ele garante que o policiamento será reforçado em pontos da cidade que já são palco de grandes manifestações.

A Polícia Militar também garantiu que figuras públicas, como a atual governadora Cida Borghetti (PP) e o governador eleito Ratinho Júnior (PSD), por exemplo, terão reforço policial nos locais de votação.

De acordo com a PM, no primeiro turno foram registrados 223 acionamentos, 114 encaminhamentos e 80 Termos Circunstanciados lavrados. Do total, em Curitiba e Região Metropolitana, foram 72 acionamentos e 26 encaminhamentos.

Repórter William Bittar