Foto: Pedro Ribas/ANPr
Terrazza Panorâmico

Em meio à onda de informações sobre tentativas de sequestro de crianças que circulam em redes sociais e em aplicativos como o Whatsapp, a Polícia Civil veio a público para esclarecer a população.

De acordo com a delegada do Sicride, Iara Dechiche, apesar dos múltiplos casos que recentemente passaram a ocupar a atenção das famílias, os registros feitos junto à polícia desmentem a situação de suposto alarme.

O caso em questão é de uma tentativa de rapto de uma bebê de um ano e cinco meses que aconteceu há uma semana em Campo Largo e que foi o único registrado como ocorrência.

Mesmo assim, são dezenas de mensagens que circulam, inclusive com fotos e até um retrato falado. Tudo mentira, diz a delegada.

Iara Dechiche destacou que esse tipo de informação falsa prejudica as investigações, já que acionamentos da população sobre esses casos acabam por tirar o foco dos policiais do que precisa realmente ser feito.

A delegada ainda reforçou que se houver qualquer informação oficial sobre a ação de criminosos ela não chegará pelas vias tortas do Whatsapp.

Para quaisquer dúvidas é possível entrar em contato direto com o Sicride. O número é o 3224.6822.

Repórter Cristina Seciuk

Deixe uma mensagem